9.10.13

[MIDIA] Entrevista do Daeung para Revista Japonesa VIVI...


Dae Sung - Vivi - Oct2013 - 04.jpg

Confira abaixo entrevista com Dae Sung para a revista japonesa Vivi.

VIVI: A música que você regravou, “I LOVE YOU”, é uma canção muito famosa, que poderíamos chamar de canção de amor japonesa  representativa. Então, você já conhecia essa música, antes de vir ao Japão?
DS: sim. Também existe um cover coreano, que eu já tinha ouvido no ensino médio e pensado comigo mesmo, “Esta é uma canção muito boa“. Desta vez, ela faz parte da trilha sonora do drama “I LOVE YOU”, por isso estou honrado em ter tê-la regravado. Gravei depois de ouvir o violino de Taro Hakase. Eu senti o seu poder, lembrei dos meus sentimentos, quando ouvi a música canção, e cantei de acordo com meus sentimentos.


VIVI: Eu realmente sinto seus poderosos dotes musicais e sua paixão, e o videoclipe, com ares de filme dramático, é tão bom que meu coração começou a bater quando vi a cena do beijo.
DS: Foi minha primeira vez fazendo uma cena de beijo, então eu estava nervoso. Antes de filmar, eu escovava meus dentes a cada 5 minutos (risos). Mas o ambiente era bom e estou muito satisfeito com o vídeo.

VIVI: Essa é uma canção de amor bastante intensa e passional, você já experimentou esse tipo de amor?!
DS: Eu senti empatia com a música, mas nunca experimentei isto (risos). Eu me dediquei aos meus antigos relacionamento, mas se eu entrasse num relacionamento agora, não acho que seria capaz de mantê-lo com o trabalho. Acho que o trabalho de cada um é importante e não gosto de ser refreado.

VIVI: Garotas percebem que, não é bom quando restringimos o parceiro, mas nós ficamos preocupadas (risos). Qual é o limite de restrições de uma menina?
DS: Isso é difícil… Eu gosto de ouvir o que minha namorada diz, por isso, se ela me diz algo que possa afetar meu trabalho, seria um problema. Mas se tivesse uma namorada, eu passaria meu tempo livre com ela. Eu usaria meu tempo pra ela!

VIVI: Tão ideal. Então, se você tem uma namorada, que estilo você gostaria que ela tivesse?
DS: Não quero que minha namorada use saias curtas, eu me preocuparia (risos). Eu também não gosto de roupas que mostrem a barriga… Gosto de peças completas. Eu gosto de como as saias balançam, porque parece algo puro. E honestamente, eu tenho um fetiche por calcanhar de aquiles (risos). Eu amo um calcanhar magro, fino e belo. É claro que não olho para a perna de uma pessoa primeiro, mas eu vou reparar quando tiver chance (risos).

VIVI: Isso é surpreendente! Então, temos que ter em mente que nossas pernas são vigiadas (risos). Como você se aproxima da pessoa amada?
DS: Eu nunca confessei o meu amor. Nunca fui corajoso. Eu tento, mas não quero que ela perceba. Porque se eu confessar e algo der errado, não serei capaz de vê-la novamente… Meus olhos são pequenos, então quando estou olhando para a pessoa, ela não irá notar (risos). Então eu finjo que estou dormindo e olho pra ela, é minha habilidade especial (risos). Mas da próxima vez que eu gostar de alguém, acho que serei capaz de confessar, porque sou um adulto agora (risos).

VIVI: Uma mensagem para os leitores da VIVI, por favor!
DS: Eu estive na VIVI várias vezes, e realmente adoro todas as informações interessantes aqui. Por favor, escutem “I LOVE YOU” e corram atrás do seu amor!

Fonte: Vivi via mmvvip.tumblr.com / BIG BANG BRAZIL

0 comentários:

Postar um comentário